Perda Urinária Atlética

Estudo da prevalência da incontinêcia urinária atlética.

Durante a segunda metade do século XX a mulher passou a ter uma forte atividade esportiva em todas as áreas inclusive naquelas que eram exclusividades masculinas. Com essa determinação e presença em todas as atividades esportivas gerais e olímpicas ela constatou que, em certas condições do esporte e somente durante a prática esportiva, sofria de incontinência urinária que desaparecia logo após o término do exercício físico. Denomina-se essa peerda de urina de Incontinência Urinária Atlética. Neste local será feito uma avalição estatística para determinar a sua frequência e prevalência.
As informações iniciais que você irá fornecer servirão apenas para identificar a sua posição dentro da sociedade humana relacionada com a família, profissão, o nível educacional e rendimentos. Nenhum vínculo de identificação pessoal será solicitado.
As informações aqui adquiridas serão analisadas para identificar os grupos etários e socioeconômicos nos quais a incontinência urinária atlética ocorre. Muitas mulheres sofrem desse inconveniente que as inibe de praticar esportes ou a frequentar academias de ginástica.
Mesmo que você não tenha perda urinária, responda ao questionário a fim de obtermos uma estatística de mulheres com e sem incontinência urinária praticando os diversos esportes.

Incontinência Urinária Atlética

Pesquisa para atletas do sexo feminino.